Verbos intransitivos

Agora que já vimos o verbo de ligação sin, podemos passar a ver verbos de mais ação. Começaremos pelos verbos intransitivos, ou seja, aqueles que não são acompanhados de um objeto.

Veremos no momento apenas verbos regulares terminados em -e. Aos poucos será possível ver que existem diversas categorias de verbos que possuem uma conjugação regular à sua maneira.

Em hunsriqueano riograndense, a maioria dos verbos, no infinitivo, terminam em -e. Alguns, no entanto, terminam em -n. Veremos isso mais futuramente.

Para verbos regulares, a raiz é obtida removendo-se este -e final. Em seguida acrescenta-se as terminações apropriadas para cada pessoa. Veja alguns a seguir:

Como pode-se perceber, a primeira pessoa do singular e a primeira e a terceira pessoas do plural possuem todas a terminação -e, igual à do infinitivo. A terceira pessoa do singular e a segunda pessoa do plural possuem a terminação -d e a segunda pessoa do singular termina em -st, sendo a única que possui uma terminação exclusiva.

Vejamos algumas sentenças de exemplo:

Die Kinner brille.
Die Fraa singd.
De Mann laafd.
De Hund schlofd.
Das Medche singd.
Die Katze laafe.

Verbos intransitivos costumam ser acompanhados de advérbios que os descrevem:

Du laafst lamsam. – Tu corres devagar.
Ich laafe schnell. – Eu corro depressa.
Die Kinner brille noch. – As crianças ainda choram.
Meer schlofe sped. – Nós dormimos tarde.
Deer schlofd frih. – Vocês dormem cedo.
De Mann singd gud. – O homem canta bem.
Äer schlofd gud. – Ele dorme bem.
Die Fraae singe lamsam. – As mulheres cantam devagar.